Conheça o espetáculo “Prince Siddhartha – A Vida do Buda, The Musical”

ESTREIA NA AMÉRICA LATINA EM ÚNICA APRESENTAÇÃO NO TEATRO RENAULT, EM FEVEREIRO DE 2020 - Com elenco vindo das Filipinas, montagem é uma realização do Templo Zu Lai (Monastério Fo Guang Shan), com o apoio da BLIA Brasil.

0
183

Um espetáculo que narra, de forma emocionante e rica, a vida e os ensinamentos de Buda, baseados na união e transformação das pessoas por meio da compaixão por todos os seres. Em síntese, esta é a proposta do espetáculo “Prince Siddhartha – a vida do Buda, The Musical”, que será apresentado em sessão única na capital paulista, dia 19 de fevereiro, às 20h, no Teatro Renault.

Pela primeira vez na América Latina, a montagem – baseada na obra The Biography of Sakyamuni Buddha, do Venerável Mestre Hsing Yün – chega ao Brasil numa realização do Templo Zu Lai Monastério Fo Guang Shan, com o apoio da BLIA Brasil (Associação Internacional Luz de Buda). Os ingressos para esta única apresentação poderão ser adquiridos por meio do site www.ticketsforfun.com.br, desde o dia 10 de dezembro.

“Prince Siddhartha – a vida do Buda, The Musical” é encenado por um elenco de artistas premiados no exterior, integrantes do Instituto Internacional de Artes Cênicas da Universidade Ming Guang, das Filipinas. Os atores e atrizes sobem ao palco sob direção do filipino Paul Alexander Morales, para interpretar músicas e letras compostas por Jude Gitamondoc.

O espetáculo, uma grande produção asiática com artistas premiados e de renome internacional, já viajou por mais de 10 países desde a sua estreia, em 2007, na cidade de Cebu, Filipinas. Ao longo destes anos, o musical já encantou centenas de milhares de espectadores ao redor do mundo, em países como Japão, China, Taiwan, Nova Zelândia, Austrália, Malásia, Singapura, Hong Kong e Estados Unidos, onde fez turnê passando por várias cidades e teatros, inclusive em palcos da Broadway.

Concepção – Com uma cenografia rica em cores vibrantes e figurinos fiéis à antiga cultura indiana, somados a uma trilha sonora comovente, “Prince Siddhartha” reúne elementos clássicos da cultura asiática, proporcionando ao expectador um universo de cores e sons que ilustram ricamente as principais passagens da vida e ensinamentos do Buda: desde seu  nascimento até o parinirvana, passando pela sua infância, juventude, o momento da iluminação, os principais ensinamentos compartilhados e seus últimos instantes de vida no mundo humano.

A sonorização é planejada para remeter o público a uma imersão, transportando virtualmente o espectador até o norte da Índia, há aproximadamente 2.500 anos. Os diálogos e as canções são apresentados em inglês, idioma que tem sido utilizado em todas as apresentações pelo mundo, porém, legendas em português serão projetadas durante todo o espetáculo de forma confortável ao público.

“Desde a encenação original, em 2007, até as mais de 100 apresentações que o musical apresentou, cada versão e todos os artistas e trabalhadores culturais envolvidos contribuíram para aprimorar e aprofundar sua mensagem de esperança, compaixão e sabedoria através do prisma do Budismo Humanista”, explica o diretor Paul Alexander Morales.

Sinopse – O musical conta a história de um príncipe que nasceu 2.600 anos atrás, numa região chamada Kapilavastu, atual território nepalês. Na ocasião do seu nascimento, um vidente profetizou que Siddhartha seria um líder habilidoso como seu pai, o rei Suddhodana, ou um grande mestre espiritual. Ao ouvir isso, o rei Suddhodana fez tudo que estava ao seu alcance para garantir a realeza de seu filho.

Siddhartha cresceu e se tornou um jovem confinado aos limites das paredes do palácio, alheio à realidade da dor e do sofrimento no mundo real. Mas, um dia, enquanto explorava o reino, ele testemunhou a velhice, a doença e a morte. Ver isso o fez renunciar ao seu status real e procurar as respostas para o fim do sofrimento humano.

Por seis anos, ele praticou austeridades e meditação na floresta até perceber que práticas extremas não lhe forneceriam todas as respostas para suas perguntas. Ele decidiu sentar-se e meditar sob uma árvore onde permaneceu até alcançar a iluminação e tornar-se conhecido como Buda. O insight que Siddhartha teve tornou-se a base dos ensinamentos budistas que são mantidos vivos por milhões de pessoas até hoje.

The Biography of Sakyamuni Buddha

A obra que inspira o musical foi escrita orginalmente em chinês, no ano de 1955, e já foi traduzida para inglês, espanhol, francês e português (sob o título de Buda Shakyamuni – a vida do Iluminado). Atualmente está em fase de edição para sua publicação em russo.

O autor da obra, Venerável Mestre Hsing Yün, já publicou mais de 300 livros, dos quais, centenas foram traduzidos para dezenas de idiomas. Dentre todos os seus trabalhos literários, The Biography of Sakyamuni Buddha destaca-se não apenas por seu lirismo peculiar e emocionante, mas também por ser fonte confiável de conhecimento para quem deseja conhecer a história do Buda, já que o autor se dedicou a pesquisas bibliográficas em respeitados textos dos cânones budistas chinês e japonês.

Sobre o Venerável Mestre Hsing Yün e a Ordem Monástica Fo Guang Shan

O Venerável Mestre Hsing Yün nasceu na China continental em 22 de julho de 1927. Tornou-se monge noviço aos 12 anos e recebeu ordenação plena em 1941, aos 14. Em 1949 chegou em Taiwan e, em 1976, fundou a Ordem Budista Fo Guang Shan (Montanha Luz de Buda), com o objetivo de: propagar a mensagem do Buda através da arte; promover talentos através da educação; beneficiar a sociedade por meio de ações sociais e purificar a mente das pessoas com práticas religiosas e meditação budista. Hoje a Ordem Fo Guang Shan soma mais 1300 monges e monjas ordenados e mais de 200 templos ao redor do mundo, dentre eles o Templo Zu Lai – maior templo budista da América Latina.

Entre todas as obras realizadas, fundamentadas na missão do Fo Guang Shan (os quatro objetivos supracitados), destacam-se: a construção de cinco universidades (entre elas a Guang Ming College, nas Filipinas, que formou parte do elenco do musical), dezenas de colégios budistas, galerias de arte, bibliotecas, centenas de bibliotecas moveis, editoras, livrarias, colégios chineses e jardins de infância; o estabelecimento de casas para crianças e idosos, muitas clínicas e vários hospitais em diversos países. Além da ajuda humanitária quando há catástrofes naturais em regiões onde os discípulos, leigos e monásticos, podem chegar.

Em 1991 foi fundada a Associação Internacional Luz de Buda (BLIA), que atualmente conta com mais de 100 divisões internacionais e, sustentando o objetivo primordial do Fo Guang Shan, ajuda a promover ações sociais, incentivos educacionais, eventos artísticos e todo tipo de benefício possível e necessário à sociedade como um todo, sem discriminação religiosa ou de qualquer tipo.

Templo Zu Lai

É um dos mais de 200 templos da Ordem Budista Mundial Fo Guang Shan. Foi fundado em 1992 na cidade de Cotia, região da grande São Paulo, e desde seu estabelecimento promove diversas atividades ao público brasileiro com a intenção de compartilhar a mensagem do Buda, de paz e compaixão.

BLIA Brasil

Trata-se de uma das sessões internacionais da Associação Internacional Luz de Buda, formada por discípulos leigos que doam seus esforços em benefício da sociedade. Hoje soma aproximadamente 700 afiliados em todo o país.

Juntos, o Templo Zu Lai e a BLIA Brasil atuam na sociedade brasileira disponibilizando acesso à educação através de bolsas de estudos para jovens carentes, reforço escolar e outros cursos oferecidos pela Fundação Filhos de Buda; apoiando instituições beneficentes com a oferta de cestas básicas, roupas e outros donativos de acordo com a necessidade da instituição; promovendo retiros budistas, alguns gratuitamente; realizando eventos em datas especiais, como Réveillon, Ano Novo chinês, festa junina, Vesak (aniversário do Buda); programações especiais em feriados nacionais; e, agora, com a grande apresentação de Prince Siddhartha – a vida do Buda no Teatro Renault.

Lama Padma Samten foi conferir

O Lama Padma Samten com o elenco da peça

SERVIÇO

“PRINCE SIDDHARTHA – A VIDA DO BUDA, THE MUSICAL”

Apresentação única dia 19 de fevereiro, quarta-feira

Local: Teatro Renault

Horários: 20h

Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 411

Classificação etária: Livre (menores de 16 anos acompanhados de pais ou responsável legal)

Duração: 150 minutos (com intervalo de 10 minutos)

Capacidade: 1530 lugares

Vendas online: www.ticketsforfun.com.br

Patrocinadores: Sufresh, Ever Green, Fundação Fan, Ibrachina, Megagroup, Sun Guider, Tsong Cherng, Traxart, BLIA e Miguel Pereira Neto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui